segunda-feira, 7 de setembro de 2009

A Linguagem dos Espíritos


Os meios que os espíritos encontram para se comunicar são os pensamentos. Vejam vocês o problema da obsessão, da possessão...

O espírito não fala, no entanto localiza o seu perseguido. Ele localiza a criatura que tem débito para com ele através da erraticidade e o encontra. O encontra como? Pela força do pensamento.

O pensamento é a linguagem dos espíritos, a linguagem da alma. No momento em que estamos pensando, estamos gritando na erraticidade, em formas que se deliciam diante da visão daqueles que nos observam. Por isso, o ser encarnado é tão vulnerável, porque ele tem uma vida exterior, as vezes, incompatível com a sua vida interior.

Fala uma coisa e faz outra. Age de uma forma e, na verdade, é outra pessoa.

E instala, exatamente pelos pensamentos, a maior fonte de elevação de degradação do ser humano.

Podemos colocar em contato com os espíritos altamente superiores e deles receber orientações, porque possuímos aquelas micro ondas em nossas almas, que dispensam qualquer ligação, tal qual na Terra, também, se dispensa a ligação elétrica, tal o potencial das micro ondas.

Se estamos com o pensamento superior, se estamos agindo de forma sublimada, podemos atingir com a força do pensamento, altíssimas esferas e delas receber intuição, orientações e proteção.

Mas também podemos descer às enormidades das trevas e lá buscar aqueles degenerados da alma, com quem ontem nos comprazíamos em manter convívio e que, hoje, pela invigilância do pensamento, os despertamos do passado para a convivência do presente.

Por essa razão, devemos educar nossa mente, devemos pensar com responsabilidade, porque aquilo que pensamos é o que somos, não aquilo que falamos, porque a astúcia também ensina a falar certo.

Existem espíritos altamente trevosos que manipulam até mesmo o que há de mais puro e melhor nas criaturas, para retê-las. Portanto, devemos saber como agimos, como pensamos e, termos cuidado, muito cuidado, com a nossa mente.


Espírito Bezerra de Menezes

Psicofonia de Shyrlene S. Campos


(Homenagem dos escritores espíritas Antônio Miranda Ramos e Roberto Stavik, membros da Fundação Espírita

"Os cristãos do Caminho", de amparo a menores e idosos carentes) 2001/2002


Site: Luz do Espiritismo - Grupo Espirita Allan Kardec

Nenhum comentário: