domingo, 25 de julho de 2010

Onde está Você?


Onde está você com seus pensamentos nesse momento?
Será que está presente na conversa com os amigos, ou está longe, viajando por lugares distantes?
Onde está sua felicidade agora?
Será que está junto de você, ou está longe, em objetos distantes, em pessoas que se foram em bens materiais que você ainda não tem?
Onde está seu sorriso agora?
Está em seu rosto, estampando a sua alegria e confiança na vida?
Ou será que foi levado por alguém que não está mais aqui?
Será que seu sorriso ainda depende dos outros?
Onde está a sua vontade de viver, agora?
Está aí mesmo dentro de você chamando-o, a cada minuto, para as oportunidades, para viver os dias, ou está nas mãos de outras pessoas, e você está perdido sem saber para onde ir?
Quem é o dono da sua vida, da sua vontade e da sua motivação?
O que você precisa para ser feliz agora?
Um emprego? Será que você não consegue procurar um pouco mais? Quem sabe mudar os rumos? Ou procurar em lugares onde você nunca havia procurado antes?
Não coloque para si mesmo obstáculos demais!
Será que a felicidade está apenas na conquista de um emprego?
Talvez você precise de um amor.
Então cultive novas amizades! Lembre-se de que a amizade é a fonte do amor verdadeiro!
Procure se aproximar mais das pessoas, quem sabe!
Antes de querer ser amado, ame!
Onde está seu Deus agora?
Será que você já o descobriu dentro de você?
Será que você já o descobriu nas leis maravilhosas que regem o universo? Na proteção que recebemos, nas chances, nos encontros, nas bênçãos da vida?
Será que você já o descobriu nas estrelas, nos mares, nos ventos, no perfume das flores?
Onde está você agora?
No curso mais seguro da vida, tendo sua embarcação sob controle? Ou está à deriva? Distraído pelas ilusões que encrespam o oceano todos os dias?
Onde está você agora?
Buscando um sentido maior para tudo, buscando o crescimento espiritual, ou está preocupado com coisas tão pequenas, incomodado com problemas tão simples?
É tempo de saber onde realmente estamos.
É tempo de repensar muitas coisas, de dar um novo sentido a tudo, de redescobrir as coisas mais simples e possíveis, e recriar a vida,colocando-a em seu curso seguro.
Como nos ensinou o Mestre de Nazaré, onde estiver seu coração, aí estará também o seu tesouro.
Pense nisso!
Por vezes nossos olhares se perdem no espaço à procura de algo que se encontra bem perto de nós.
Outras vezes permitimos que nosso sorriso siga atrelado ao passo de alguém que se afasta de nós...
Nossa alegria, tantas vezes, perde a força por causa de algo insignificante.
Às vezes permitirmos que a nossa vontade de viver se enfraqueça, vencida pelas ilusões e fantasias...
No entanto, para que não deixemos de viver o momento, intensamente, é preciso prestar atenção nas horas, no agora, no hoje, para que não deixemos escapar as mais excelentes oportunidades de construir nossa felicidade duradoura.
Pensemos nisso!


(Equipe de Redação do Momento Espírita, a partir de texto de autoria desconhecida)
www.momento.org.br)

Fonte: CVDEE - Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo
www.cvdee.org.br

2 comentários:

Ademário da Silva disse...

Consciência de si...

A felicidade no seio da imortalidade não é só o que apregoa a Doutrina, mas uma assertiva das Leis Divinas e Naturais.
A simplicidade e a ignorância são os caminhos do começo
Os tropeços de percalços são os sobressaltos dos próprios passos nos braços das ilusões
Ser feliz é ter consciência de si nos compassos da vida, do tempo e do destino
Sem perder a ternura de menino, mas conquistando a firmeza dos traços na luz das experiências
Viver não é apenas uma questão de sobreviver ás adversidades, mas superar ás próprias dificuldades
Descobrir os próprios talentos nos escaninhos da consciência imortal
E desenvolvê-los na solidão do aprendizado como a semente no escuro da terra
Tirar do candeeiro a luz mortiça pela preguiça mental e revolucionar os valores existenciais
Desapegar-se dos condicionamentos humanos, levantar âncoras e sair da mesmice
Assumir-se tal como estás, pois, o que desejas é algo que vem adiante do trabalho e das provações
A paz, a harmonia e a felicidade são sementes no silo do tempo á serem fecundadas pela luz adquirida
O teu tempo, o teu chão e o teu momento, transitórios instrumentos da renovação
Espíritas, amai-vos / Espíritas instruí-vos, eis as asas da evolução, ditadas pelo Espírito de Verdade
Pelos chãos do tempo
Luzes oportunas
Vidas e mortes
Dores-escolas
Fortuna e pobreza
Na mesa da revolução
Voltar melhor do chegou eis a proposta da reencarnação
Consciente ou não o tempo é o buril da evolução
Os valores humanos permanecem no aquém túmulo
Insumos da transição
“A boca fala do anda cheio o coração”
Já ensinava Jesus nas parábolas
Dentro de si um tesouro esperando por exploração!
***
Ademário da Silva *** 31/julho/2010
***
Muito obrigado por suas palavras de incentivo ao meu trabalho...
Encontrar o seu bolg foi o mesmo que desembarcar num oásis de meditação e estudo...
***
Um abraço espiritual...

Rosane Merat disse...

Em resposta ao comentário feito pelo Ademário da Silva, sobre o artigo exposto no dia 25 de julho de 2010, cujo o tema é "Onde está você?". Fiquei muito feliz pelo seu comentário e principalmente pela forma inteligente em expor o que te fato pensa. Sempre que tiver uma oportunidade, pode deixar os seus comentários no blog. Pois o blog Pensamentos e Reflexões Espíritas, foi criado para mostrar as pessoas que devemos nos melhorar como seres humanos, ou seja, fazer a nossa reforma íntima.
Obrigado por sua delicadeza e sempre sempre bem vindo.